Jardim Botânico - RJ  |  (21) 3114-0179
Destaque

Artigos

Patrimônio gastronômico já!

Esta semana assistimos ao programa Mundo S.A, da GloboNews, com sua nova série Gosto de Brasil. Estavam lá o Zé Mario, senhorzinho simpático, humilde, mas super premiado com um dos melhores queijos desse país, o Serra da Canastra, e outras figuras importantes que ajudam a impulsionar a mola da produção artesanal de alimentos no país, como o Fernando, figura querida por aqui.

E não é que fui entrevistado também… A amiga Sandra Moreira conhece de perto os percalços que vivemos todos os dias para trazer os queijos artesanais de São Paulo, Minas Gerais e do Rio Grande do Sul direto para nosso empório gourmet.

Para dar mais sabor à conversa, o caderno Paladar, do Estadão, publicou esta semana o “Manifesto Cozinhista Brasileiro”, coisa de gente gulosa, sabida, gente que defende a comida como cultura. Tô nessa! A culinária é um dos pilares da nossa história, se deixarmos de lado certas tradições, perdemos muito da nossa memória.

Por isso, todos nós – chefs e donos de restaurantes (no qual me incluo) – reivindicamos iniciativas eficientes do governo (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, e Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para que preservem e impulsionem esta cozinha brasileira. A de pequenas produções, mas de muito sabor e tradição.

Vejam só o manifesto:
1 – que produtos e modos de fazer tradicionais sirvam de parâmetro tanto quanto a preservação da saúde;
2 – que o pequeno produtor, responsável por mais de 70% dos alimentos que chegam à mesa do brasileiro e guardião da nossa cultura gastronômica, seja valorizado e ouvido na produção das normas sanitárias ;
3 – que os regulamentos técnicos, a serem lançados pelo MAPA após a revisão do Riispoa, contemplem as demandas dos produtores artesanais, e não apenas as da indústria;
4 – que os fiscais da Anvisa e dos Serviços de Inspeção Federal, Estadual e Municipal sejam treinados e orientados para compreender, na sua prática diária , as particularidades dos produtos e produtores artesanais de alimentos;
5 – que a pesquisa aplicada sobre a qualidade de nossos produtos seja fomentada, de forma descentralizada, nas várias regiões do País;
6 – que sejam mantidos abertos os canais de diálogo entre os setores da gastronomia e dos produtores artesanais com a Anvisa e o MAPA.

Quem quiser participar, basta acessar aqui: http://www.peticaopublica.com.br/

PITADAS:
- Quem tiver interesse em assistir à reportagem completa do Mundo S.A, sobre a produção de alimentos artesanais no país, clique aqui: http://g1.globo.com/globo-news/mundo-sa/videos/t/todos-os-videos/v/queijos-brasileiros-vencem-barreiras-no-pais-e-ganham-reconhecimento-internacional/2132759/
- Viva o Dia da Árvore comemorado em 21 de setembro!
- O Café Carandaí foi o único Café do Rio de Janeiro convidado pela equipe do livro Sociedade Brasileira para figurar na lista da nova edição, que será lançada no dia 24 de setembro, no Copacabana Palace. Os outros estabelecimentos são Paris, Rascal, Satyricon, Sawasdee Bistrô, Skylab, Felline, Nanquim, Porcão Rio´s, Pizzaria Guanabara, Vieira Souto, Esch e Majórica.

João Luiz Garcia de Souza